Na Beira do Rio

Menu

Links

Icq Status

POESIAS ESCOLHIDAS

— PARABÉNS AOS AUTORES PELAS LINDAS POESIAS —


* * * * *

A vida

 

                     Autora: Camilla Guedes

 

A vida é cheia de alegria

A vida é o amor da família

O amor é a vida

Sem a vida a gente não tem alegria.

 

A paz, o amor é vida

A vida é minha

Minha vida é alegria

Minha vida dá alegria.

 

3.º Ano “A” - Professora: Maria Consuelo Tahan da Fonseca.

 

 

* * * * *

 

 

Enfim férias

 

                     Autora: Leandra Felizardo Gomes

 

As férias estão chegando

Das amiguinhas vamos todos afastar

Mas já estamos ansiosos

Pra logo recomeçar.

 

Além das coleguinhas

Tem mais pessoas que gostamos

Principalmente a professora

Que está sempre nos ensinando.

 

Para nós passarmos de ano

Temos muito que estudar

E contar com a professora

Para que possa nos ajudar.

 

Às vezes fica nervosa conosco

Mas não levamos a mal.

 

Diretores, inspetores e outros

Estão sempre nos observando

Para que no recreio não vá brigar

E assim as coleguinhas

Vamos sempre adorar.

 

3.º Ano “C” - Professora: Maria Aparecida Batista Miguel

 

 

* * * * *

 

 

Ambiente

 

                     Autora: Yasmim Guimarães de Lima

 

No ambiente tudo é cor e sabor

Tudo é da natureza

Que tem a beleza do mar e do ar

O ambiente é alegria e harmonia.

 

Devemos cuidar da natureza

Não podemos queimar

Nem desmatar

A natureza é pura beleza.

 

3.º Ano “D” - Professora: Lucimar Silveira Franco

 

 

* * * * *

 

Como é ser criança

 

                     Autor: José Rosa da Silva Júnior

 

Infância traz dor;

Infância traz harmonia;

Infância traz amor;

E também traz alegria.

 

Ninguém gosta de ser criança,

Porque não sabe o que é crescer,

— Mas se soubesse o que é,

Pediria perdão até morrer.

 

Se não existisse nem sequer uma criança,

Também não haveria infância,

Por isso eu agradeço,

Ser criança, porque mereço.

 

4.º Ano “A” - Professora: Ana Gabriela F. B. de Souza

 

 

* * * * *

 

 

Como é linda a amizade

 

                     Autora Nicole Rocha Carvalho

 

Ah! Como é linda a amizade

E como é real de verdade.

A amizade é linda e feliz

Quando a gente respira pelo nariz.

 

Quanto mais a gente cresce

A gente pula, sobe e desce.

Quanto mais a vida passa

A gente grita, pula e fala.

 

Nós fomos ao parque de diversões

Para sentir forte emoção

Nós estamos com saudade

Daquela amizade do coração.

 

4.º Ano “B” - Professora: Eliana Gonçalves Tomaz Ribeiro

 

 

* * * * *

 

 

Amizade

 

                     Autora: Carolyn Cristine Silva

 

A amizade é uma flor

Que está sempre aparecendo

E nos dando amor.

 

Nos conforta

Quando estamos sozinhos

E coloca a pessoa certa no nosso caminho.

 

Conte sempre com amizade,

Pois ela sempre está contigo

E te dá um amigo.

 

A amizade na vida é como

Uma flor que

Levada ao vento esquecida

E ainda perfuma a estrada.

 

Porque vale ouro

E é como um tesouro.

 

4.º Ano “D” - Professora: Marlene dos Santos Rocha Borges

 

 

* * * * *

 

 

Amizade

 

                     Autora: Esther Costa do Carmo

 

O mais lindo sentimento

É o calor do amor

De uma amizade

Por mais curta que ela seja

Ou por mais longa é

Cheia de palavras e gestos

Quando verdadeira

Ela dura uma eternidade,

Quando amiga

Ela é acolhedora, bela, humilde,

Porque para ser amigo

E ter amigos

Não é preciso

Sentir-se superior.

Sentir-se amigo, companheiro.

Sorrir e dizer:

“Você é meu amigo”.

 

4.º Ano “D” - Professora: Marlene dos Santos Rocha Borges

 

 

* * * * *

 

 

Ituiutaba

 

                     Autor: João Vitor

 

Ituiutaba é bonita

Uma beleza sem fim

Meu amor até me fala

Que o amor floresce no jardim.

 

Quando me sinto forte

Deus mostra minha fraqueza

Quando me sinto fraco

Deus é minha fortaleza.

 

4.º Ano “E” - Professora: Daniella Patrícia da Silva

 

 

* * * * *

 

A queimada

                     Autora: Josiane Oliveira Santos.

 

Não vamos queimar

Para a terra não acabar.

Plante árvores no beira dos rios.

Mas lembre-se nunca queimar.

 

Se não queimar

A terra vai durar.

Mas se não colaborar

Não vai adiantar.

 

A terra precisa de nós

E nós precisamos dela.

Vamos vencer essa batalha

Que a gente vive nela.

 

5.° Ano “B” - Professora: Alaísa de Freitas Ferreira

 

 

* * * * *

 

 

As árvores da cidade

 

                     Autora: Beatriz Freitas Vilela de Moura Leite

 

Árvores da minha cidade

Como são belas as suas flores!

E seu cheiro...

Nem se fala!

 

Árvores que nos dão frutos e sombra

Gostosa e fresca!

Os passarinhos chegam sem parar

Para suas flores virem visitar!

Eles alegram meu viver

Com seu canto encantador!

 

Hoje é o seu dia!

O dia da árvore.

Todos nós vamos plantar...

E a você festejar!!!

 

5.º Ano “C” - Professora: Maria Abeneide da Silva Alves

 

 

* * * * *

 

 

Eu, na minha sala

 

                     Autor: Sebastião Alves Pereira Neto

 

Na sala onde eu estudo

São 31 alunos

Eu sou um deles

O meu nome é Sebastião.

 

Meu amigo?

Ah tenho muitos!

Jéferson, Leo,

João Flávio e Gabriel.

 

Amigo,

Amigo mesmo

É o Leo,

Meu amigão fiel.

 

Tainá, muito teimosa,

Leo já é quietinho.

E eu?

E eu aqui,

Com meu jeitinho!?!

 

5.º Ano “C” - Professora: Maria Abeneide da Silva Alves

 

* * * * *

Coisas loucas

 

                     Autor: Mateus de Lima Silva

 

Por que ninguém tira dinheiro

do banco de sentar?

 

Por que ninguém escova os dentes

de alho?

 

Por que as pessoas sacam as armas

mas não sacam as respostas?

 

Por que ninguém passa o fio dental

nos dentes do pente?

 

Como posso dar uma mãozinha,

se eu preciso dela?

 

Por que ninguém corta as unhas

do pé da barriga?

 

5.º Ano “D” - Professora: Maria Abeneide da Silva Alves

 


* * * * *

 

Droga jamais

 

                     Autora: Maria Eduarda

 

Um garoto esperto

Que vivia livre

Alegre e contente.

 

Mas um dia

Um falso amigo

O levou para o

Caminho das drogas.

 

Seu olhar ficou

Tão distante

Um brilho diferente.

 

Seu sorriso amarelo

Que antes era claro

Ficou mais raro.

 

Para viajar pela Terra

Basta, estudar,

Ter bons amigos

Ser obediente e amar,

Amar o próximo.

 

Droga, droga, que droga,

A gente não precisa dela.

 

5.° ano “E” - Professora Rosangela  Moraes Vilarinho

 

 

* * * * *

 

 

Amizade

 

                     Autora: Kawany Hercília Santos Gomes

 

Tem uma coisa bonita,

A amizade colorida

Quando a gente gosta pra valer

Nada separa.

 

Nessa escola encontrei

Uma amiga verdadeira

Menina moça companheira

Brincalhona, estudiosa

Uma amiga para a vida inteira!

 

A droga destrói amizades

Que vale para a vida inteira.

Droga não é brincadeira.

 

5.º Ano “F” - Professora: Rosangela Maria S. Vilarinho

 

 

* * * * *

 

Ler

 

                     Autora: Lorraine Garcia Paiva

 

Ler é uma grande emoção

Um prazer que vem do coração

Ler é um imenso prestígio

Na leitura encontramos alguns vestígios.

 

Ler é um grande prazer

Com a leitura podemos aprender

Também é possível

Viver grande aventuras

 

Quando lemos com o coração

Viajamos no mundo da imaginação

E quando lemos com alegria

Percorremos o mundo da fantasia.

 

6.º Ano “A” - Professora: Beatriz Sant’Ana Rezende

 

 

* * * * *

 

 

Palavras de dentro de mim

 

                     Autor: Guilherme Guedes Dizopa

 

Dizem que o amor é perfeito

Então não existe defeito

Dizem que quando ama, ama sério

Então não cometa adultério

Dizem que adorar, todos adoram

Então para amar, não demoram

Dizem que no amor

Não existe certo ou errado

Então o coração fica abalado

Dizem que o coração é valente

Então quase não machuca a gente

Dizem que as palavras de dentro

De mim são perfeitas...

 

6.º ano “B” - Professora: Beatriz Sant’Ana Rezende

 

 

* * * * *

 

Imaginação

 

                     Autora: Nathália de Souza Euzébio

 

Vou abrir minha janela

Imaginar um mundo lá fora

Atravessar a floresta

Seguir em frente

Procurar muita gente

Em uma das mãos,

A força do meu calor

Na outra um bocadinho de amor

Quero ainda imaginar crianças

Vivendo sonhos fantásticos

E nesta viagem estrelada

Meu pensamento vai correr

Até varar a madrugada

E esperar o amanhecer.

 

6.º Ano “C” - Professora: Beatriz Sant’Ana Rezende

 

 

* * * * *

 

 

Trânsito é atenção

 

                     Autora: Tainara Gabriela Costa

 

Temos que prestar atenção

No trânsito de nossa cidade

Porque grande parte da população

É um pouco “sem noção”

 

Atravessar a rua é perigoso

É coisa de menino teimoso

É preciso de todo lado olhar

E muito atento sempre estar

 

A sinalização dá orientação

Para pedestres e motoristas

E não esquece também

Dos motoqueiros e ciclistas.

 

Acidentes não devem acontecer

Porque vamos respeitar

As normas do trânsito

Muitas vidas vão salvar.

 

6.º Ano “C” - Professora: Beatriz Sant’Ana Rezende

 

 

* * * * *

 

Só mais um lugar

 

                     Autor: Valter Alves de Oliveira Neto

 

O lugar onde eu vivo,

Não é isso não é aquilo.

É um lugar simples,

Onde os pássaros também fazem ninhos.

 

É um lugar calmo,

Onde todos são felizes,

Não há brigas, pelo contrário,

Todos gostam muito de seus vizinhos.

 

Ninguém é mais que ninguém,

Não há diferenças,

Felicidade é o que importa.

Dinheiro não preciso,

Quero apenas um amigo!

 

Na minha rua,

Bonito mesmo é o pôr-do-sol,

E depois de um dia desses,

Eu descanso de mente aberta.

 

Para sonhar

Apenas com este lugar.

  

6.° ano “D” - Professora: Luísa Cristina

 

 

* * * * *

 

 

Amor

 

                     Autor: Leonardo Carvalho Cintra

 

Queria ser um poeta,

Um poeta não posso ser,

Um poeta pensa em tudo,

Eu só penso em VOCÊ.

 

Andando pela rua,

Pude me lembrar,

Na minha mente seu olhar,

Que me encantou com esse jeito

De te amar.

 

Garota você não é de ouro,

Você não é de prata,

Você é linda,

Você me MATA!

 

6.° Ano “E” - Professora: Luísa Cristina

 

 

 

* * * * *

 

 

A água

 

                     Autora: Eloá Paiva Dantas

 

A água é como azul anil

E toma conta de quase

Todo o Brasil.

 

Como é maravilhoso contemplar

A água com felicidade,

Enquanto outras pessoas

Fazem tanta maldade!

 

O mar com tanta água

Na sua imensidão.

Por que maltratá-lo

Com sujeira e poluição?

 

O homem com sua sabedoria

Pensa que traz melhoria,

Mas só traz poluição!

 

Então vamos contemplar

a água,

Pois é ela que nos traz felicidade!

  

6.º Ano “F” - Professora: Luísa Cristina

 

 

* * * * *

 

 

Pureza de criança

 

                     Autora: Carolina Santos Beirigo

 

Como é bom poder sonhar com

A pureza da criança

Recordar e reviver

Onde dorme a esperança,

Linda flor que desabrocha

Invadindo nossa lembrança

Na mais sublime inocência

Afago da vida a confiança.

 

Saudade palavra doce

Aliada ao amor

Num instante de ternura

Traz da amizade o calor

Obedecendo às leis da vida

Suave é nossa dor.

 

Brotando dentro do peito

Espelha em mim alegria

Ilumina meu caminho

Resplandecendo a estrela guia

Invoca meu sentimento

Guardado no pensamento

Oculto na bela poesia.

 

6.º ano “F” - Professora: Luísa Cristina

 

 

* * * * *

 

 

Quem sabe um dia

 

                     Autora: Rafaela Vilela Freitas

 

Quem sabe um dia

Você acorde e ouça a vida

Ouça uma linda melodia

Quem sabe um dia

Você possa respirar

Um ar limpo e puro

Quem sabe um dia

Você seja feliz de verdade

E que para cada amigo

Você diz com um belo sorriso:

Bom dia!

Quem sabe um dia

Você possa viver tranqüilamente

Sem ter medo de que seja o último

Dia de sua vida.

 

7.º Ano “G”

 

 

* * * * *

 

Amizade

 

                     Autora: Adrine Carolayne Félix Castro

 

Amigo é aquele que te apóia

E que te estende a mão

Anda contigo sem ter medo

E quer sempre o seu bem.

 

Amigo é aquele que te faz chorar

Dizendo a mais dolorosa verdade

Solta sorrisos do nada

Fazendo sua alma encher de alegria.

 

E quando você pensava estar sozinho

Ele chega com um abraço

Para te confortar.

É aquele doido, sério sensível...

 

Uma cara para cada momento

Sempre guarda teus segredos

Compartilha medos e amores.

 

E está lá...

Sempre firme quando a derrota é vencedora.

Alegra-se com tuas vitórias

Concluindo: amigo é aquela pessoa comum,

Porém diferente.

 

8.º Ano “B” - Professora: Maria Helena

 

 

* * * * *

 

 

Parece sonho

 

                     Autora: Thaísa

 

Parece sonho,

Mas é realidade

Por isso que pode melhorar

Pessoas que não querem ajudar

Para outra tanto faz

Para mim eu quero mais

Vida, liberdade e paz.

 

Humano que caça nos traz desgraça

Caçador e sua profissão que geram a extinção

Ajuda!!! A natureza está pedindo

Tem gente destruindo

Que não tem consciência

Só de ver dá descrença.

 

Os problemas da poluição,

Animais ameaçados de extinção.

Com os desmatamentos

Grandes áreas de planeta assim estão

Tornando-se um enorme sertão.

 

Meio ambiente é vida

É verde, mas não parece.

Oh! Terra ferida, fendas que chamam

À consciência, á luta pela vida...

 

Poluição, Destruição

Isso eu não quero mais.

 

8.º Ano “B” - Professora: Maria Helena

 

 

* * * * *

 

 

Amigo ou anjo da guarda?

 

                     Autora: Giovanna Alves Souza

 

Eu tenho um amigo com quem sempre posso contar.

Quando estou em perigo, ou apenas para caminhar.

Ele é meu abrigo, serve para eu lamentar.

Está sempre comigo até aqui à beira-mar.

 

Ele é bem diferente, tem várias caracterizações.

Às vezes sorridente, somos dois bebês.

Mas sempre imponente, impondo suas lições.

Ele muda rapidamente de acordo com as situações.

 

Escuto sua lição com o coração aberto.

Até quando penso que não, ele sempre está certo.

Juntos, fazemos oração, para ser sempre correto.

E se tomar algum empurrão, agarramos em algo concreto.

 

Que bom ter este amigo, quando estou em perigo.

Que bom que posso contar com ele até para caminhar.

Que bom ter este abrigo, sempre aqui comigo.

Para eu lamentar, ou apenas ter, à beira-mar.

 

Que bom que é diferente, melhor como sorridente.

Mesmo com várias caracterizações, somos sempre bebês.

Mas quando imponente, é bom que mude rapidamente.

Ele impõe suas lições, de acordo com as situações.

 

Escuto sua lição, até quando penso que não.

De coração aberto, pois sempre está certo.

Juntos fazemos oração, pois se tomarmos um empurrão.

Mesmo assim sermos corretos e agarrarmos em algo concreto.

 

8.º Ano “D” - Professora: Maria Helena

 

 

* * * * *

 

 

Só para te amar

 

                     Autora: Laura

 

O amor, sentimento que é vida por
Dentro, tijolo e cimento que me faz
Sonhar;

 

O amor que revela minha veia poética

Uma vida completa e um leve

Chorar;

 

O amor sem limite, indomável e

Firme, que não vê na velhice

O seu fim chegar;

 

O amor, a ternura que nem a

Agrura da vida o perturba

Ou consegue matar;

 

O amor que tem gosto de terra

E do fogo, do tempo gostoso que

Ficou pra lá;

 

O amor mais sincero, tão límpido,

O mais belo, que em forma de elo,

Faz-me encantar;

 

O amor sem fronteiras, não

Conhece barreiras, é chama

E lareira, que vem esquentar;

 

O amor mais perfeito, latente e

Refeito, nasceu em meu peito só

Pra te amar!

 

8.º Ano “D” – Professora: Maria Helena

Quem sabe

 

* * * * *

 

 

O amor sem fronteiras

 

                     Autora: Thais Lima Cintra

 

Tudo sempre acontece numa bela amizade.

A amizade se torna mais sensível

Para o amor nada falta.

Então passeamos juntos, até a eternidade.

 

Meu amor não tem fronteiras.

Passa correndo como um furacão.

Gostaria que esse amor durasse para sempre.

Para curtirmos com emoção.

 

Às vezes não entendo o que é o amor.

Você tem que perder pra você dar valor.

Suas lágrimas caem como pingo de chuva.

Entre um pingo e outro.

 

Nunca tenho medo

Vou em frente, e chego a qualquer situação.

O sonho não acabou.

Não perco as esperanças.

 

Paz e amor fazem efeito

Tenha-os em seu coração.

Porque não há defeito.

Amar com emoção.

 

8.º Ano “D” - Professora: Maria Helena.

 

 

* * * * *

 

 

A vida

 

Autor: João Cláudio

 

A vida é difícil

Tem que ter força

Para que ela seja fácil.

 

O desemprego e outras coisas

São pedras que vem pra

Derrubar-te.

Mas não se abale

Pra depois não chorar.

 

Estude,

Porque aprender na escola da vida

Não é bom pra aprender não,

Se brincar te derruba no chão.

 

Tenha fé pra chegar lá

Porque na sombra e água fresca

É aonde você vai ficar.

 

9.º Ano “A”

 

 

* * * * *

 

 

Um sonho em vão

 

Autora: Laura Lúcia dos Santos Oliveira

 

Por que não tiro você da minha cabeça?

Por que você não sai do meu coração?

Quando tento te esquecer.

Lá vem você de volta à tentação.

 

Você é tão lindo.

Seus olhos cor de mel.

Amo seu sorriso.

Que me leva ao céu

 

Quando te vejo.

Parece que enlouqueço.

Da vontade de gritar.

O quanto eu te desejo.

 

Queria que você soubesse que te amo.

Mas quando você chega.

O medo de ouvir um não.

Toma conta do meu coração.

E sem querer saio correndo.

E vejo mais um sonho em vão.

 

9.º ano “A” - Professora: Rosa Lacerda

 

 

* * * * *

 

Não à violência

 

Autor: Alexandro Teixeira Barroso

 

No mundo em que vivemos,

Não há muitas alegrias.

Mas sim tristezas e

Desarmonias.

 

Por causa de uma coisa

Que afeta muita gente.

A violência que vive

Constantemente.

 

Em nossa vida sem

Nenhuma dúvida,

A gente sente.

O que a violência faz

Com a gente.

 

Por isso, eu digo

Violência gera violência.

 

9.º Ano “G”

 

 

* * * * *

 

 

Em um mundo cheio de gente

 

Autora: Cíntia Aparecida Lacerda Nunes

 

Quantas pessoas carentes

Sem carinho e sem amor

Vivendo em um mundo de horror.

 

Pais matando filhos

Filhos matando pais

Onde será que está a nossa paz?

 

O que podemos fazer

Para a paz no mundo renascer

Vamos todos nos abraçar

Para a paz do mundo retornar.

 

Armas nas nossas mãos?

Vamos todos dizer não

E quando Deus tocar nosso coração

Vamos pedir pela nossa paz e nosso perdão

 

Em Deus precisamos ter fé

Para permanecer de pé.

 

9.º Ano “G”

 

 

* * * * *

 

 

Sensações

 

Autor: Higor Marques de Lima Silva

 

Sensações são feitas de experimentos

Às vezes bons ou ruins na nossa vida,

Que ajudam a expressar sentimentos.

 

São pensamentos ou características expressas

Em cada olhar, cada toque de pele

São momentos que se passam às pressas.

 

Sensações são excelentes

São bobas que não fazem diferença;

Ao mesmo aquela que são iguais duas lentes

Frágeis e finas, que não agüentam o simples cair no chão.

 

Sensações estão presentes na vida

O orvalho nas folhas verdes de uma planta

Ou a chuva que se cai dividida

Em pequenas gotas de água.

 

Sensações nos completa

Sejam elas de qualquer forma

Mas como no mundo não há

Algo que dure para sempre

Chegamos ao fim.

 

 

* * * * *

 

 

O amor

 

Autor: Ulisses Almeida Bastos 

 

Às vezes é passageiro

Como a paixão

Que vem e

Logo se vai.

 

Há amores

Que duram eternidades,

Pois convivem com as

Mais puras verdades.

 

Há também

O amor sofredor

Que lhe traz, além

De tristezas, a dor.

 

Ele pode ser

As estrangeiras

Daqueles que ultrapassam

Todas as barreiras.

 

 

* * * * *